Ciclista tangaraense tem crise e convulsões e está hospitalizada em MG

Acostumada a ser notícia pelas vitórias e grandes resultados Brasil a fora, a ciclista tangaraense Franciele Almeida passa por uma situação difícil em sua carreira. A atleta sofreu uma queda em treinamento no dia 29 de maio, e teve algumas escoriações além de bater a cabeça.

Na sexta-feira, 31, Franciele seguia para Minas Gerais, onde disputaria uma competição na cidade de Mariana. No voo para Ouro Branco, cidade localizada a cerca de 48 km do local da competição, a ciclista teve crises. Já em terra firme, seu treinador, Henrique Martins, a levou imediatamente a um hospital da cidade mineira. Após exame de tomografia, um coágulo foi detectado.

Franciele chegou a receber alta do hospital na terça-feira, 04 de junho, mas na madrugada de sábado para domingo, a atleta sofreu duas convulsões e retornou para a unidade hospitalar.

Em uma live em seu perfil no Instagram, a ciclista disse não lembrar do que havia acontecido. Ela agradeceu a todos que estão orando e colaborando financeiramente com os custos de seu tratamento. A atleta ficará “de molho” até que se recupere.

Franciele está hospitalizada em Minas Gerais

“Eu tive não crise, tive duas convulsões que acabaram me deixando fora de si. Eu não lembro como foram essas convulsões que me tiraram de si e me deixaram foram da tomada. Eu agradeço muito a essas pessoas que estão depositando dinheiro na minha conta, as pessoas que estão rezando por mim o meu muito obrigada, eu agradeço imensamente de coração. Vou ficar um tempo sem pedalar, sem meus treinos, mas eu volto se Deus quiser em breve e eu agradeço. Já já eu vou voltar, meu muito obrigada”, afirmou.

Na manhã desta segunda-feira, 10, Franciele passou por ressonância magnética. Ela aguardará o resultado do exame para saber qual o próximo passo no restabelecimento de sua saúde. Em postagem feita na manhã desta terça, 11, a ciclista informou que pode receber alta ainda hoje.

Nas redes sociais, amigos organizam uma rifa em prol de Franciele. O prêmio é uma camisa autografada de Henrique Avancini, brasileiro campeão mundial de Mountain Bike. Maiores informações podem ser obtidas com Fernando Raia pelo telefone 99997-3828.

Fonte: Paulo César Desidério/Gazeta FM Tangará

Comentários Facebook