Jovem é agredida e obrigada a beber água com sabão e vinagre em casa de prostituição

Fato virou caso de polícia em Campo Novo do Parecis (Foto: Ilustrativa)

Uma prostituta, que trabalha em uma casa de prostituição, na Avenida Maranhão, em Campo Novo do Parecis, foi duramente castigada por sua patroa, as qual suspeitava que a garota havia furtado um celular.

O fato aconteceu por volta de meio-dia desta terça-feira, 10, e virou caso de polícia.

A vítima afirma que foi agredida pela proprietária do prostíbulo, identificada apenas como Patrícia, com um pedaço de madeira, causando-lhe lesões no braço. As agressões seguiram com ameaças de morte.

Com uma faca na mão, a suspeita obrigou a vítima a beber água misturada com sabão e vinagre.

Em um momento de distração da agressora, a vítima conseguiu fugir e pedir socorro.

A Polícia Militar foi até o local, mas a suspeita, que responderá por lesão corporal, ameaça e tortura, havia fugido e não foi localizada.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Com informações do Plantão Policial CNP

Comentários Facebook