Mulher fica com mãos “aveludadas” e é diagnosticada com câncer de pulmão

Uma brasileira de 73 anos, que não teve a identidade revelada, recebeu um diagnóstico perturbador depois de procurar um dermatologista para avaliar as lesões e a coceira que estava sentindo nas palmas das mãos. O caso foi divulgado no New England Journal of Medicine (NEJM).

Leia também: 10 hábitos para você colocar em prática e evitar os principais tipos de câncer

mãos aveludadas arrow-options
The New England Journal of Medicine/New York Post

mãos aveludadas

Durante a consulta, a mulher disse ao médico que notou as lesões nas mãos nove meses antes. Ela ainda destacou que teve uma tosse implacável por cerca de um ano e, além disso, perdeu cinco quilos nos últimos quatro meses. A brasileira também informou que era fumante e fumava um maço por dia nos últimos 30 anos. 

Leia também: Comentário desagradável do marido faz mulher descobrir câncer de mama

No relato, os médicos apontaram que o exame físico feito na paciente revelou uma demarcação acentuada das dobras das linhas das mãos. Além disso, ela estava com uma aparência aveludada nas palmas da mãos, que é uma condição rara conhecida como acantose palmar, em que a pele fica parecida com tripas.

Em grande parte dos casos, a doença está associada com o câncer, principalmente de pulmão e estômago. Segundo informações do New York Post , a causa dessa condição rara não é totalmente clara, embora algumas pesquisas sugiram que o câncer possa estimular a superprodução de células da pele nas palmas das mãos.

Leia também: Tabagismo mata 200 mil brasileiros por ano; veja riscos e como parar de fumar

Após a realização de uma tomografia computadorizada, mostrou-se que a mulher estava com câncer de pulmão. Com o diagnóstico, os médicos indicaram que ela fizesse quimioterapia e radioterapia. No entanto, as lesões das mãos não regrediram com o tratamento. Seis meses depois, o câncer avançou e ela passou por mais uma rodada de quimioterapia. 

Fonte: IG Saúde
Comentários Facebook