Garota de programa grávida denuncia homem por agressão e ameaça em Tangará da Serra

Ela ficou ferida na região do pescoço e perna (Imagem: Cedida pela vítima)

Uma garota de programa de 22 anos procurou a Delegacia de Tangará da Serra no final da tarde deste domingo, 12, para denunciar um homem por agressão e ameaça. O fato foi registrado, por volta das 14 horas do mesmo dia, na rua 48, Jardim Paraíso.

A jovem, que está grávida, deu repercussão ao fato em seu Facebook nesta segunda-feira, 13.

O Tangará em Foco teve acesso ao Boletim de Ocorrência (BO) e conversou com a mulher, que, para sua segurança, será identificada apenas pelas letras “M. S. T.”, iniciais de seu nome.

Foto feita pela vítima quando o agressor estava em sua casa (Imagem: Cedida pela vítima)

M. contou à nossa reportagem que o suspeito pegou o número de seu telefone em um site, onde ela anuncia os seus serviços, e que chegou à sua casa agressivo e tentando forçar uma relação sexual. “O rapaz marcou comigo, mas na intenção de fazer maldade, não foi pra programa”, relata.

“Ele já chegou me agredindo, apertando o meu pescoço, eu fiquei mole, eu estou grávida”, disse, explicando que gritava e pedia por socorro. “Ele dizia assim, é dinheiro que você quer? Vou esfregar na sua cara”.

M. conta ainda que o rapaz puxou o cabelo dela e a obrigou a subir em uma moto “Eu fiquei com medo e montei”, disse, explicando que conseguiu ligar para uma amiga, que reside na mesma região, e ela foi até o local e começou a ajudá-la a se livrar do elemento que permaneceu agressivo, chutando as duas.

“Foi aí que ele apertou o meu pescoço e eu caí no chão, mole. (…) a minha amiga pegou o capacete e começou a bater nele”, relatou, explicando que o rapaz também acabou sendo ferido por uma faca, se afastando das duas.

“Minha amiga me puxou para dentro, ele ainda pegou um pedaço de pau e tentou bater na gente, mas ela trancou a porta”, contou, relatando que vizinhos viram a situação “e não fizeram nada”, disse.

O rapaz subiu em sua moto e foi embora. M., bastante abalada, decidiu procurar a Delegacia, onde registrou a ocorrência.

M. compareceu na tarde desta terça, 14, na Delegacia da Mulher, onde o caso será apurado.

Comentários Facebook