Projeto “Elas dançam, eu danço” retoma atividades no centro e no Bairro Novo Diamantino

O ano de 2020 começa com muita alegria e animação com as aulas do projeto “Elas dançam, eu danço” que já estão sendo oferecidas pela prefeitura de Diamantino.  As atividades foram retomadas ontem, segunda-feira, 13, no Centro de Eventos e hoje, terça-feira, 14, serão realizadas no Centro Olímpico, situado no Bairro Novo Diamantino. 

Ofertadas gratuitamente para a comunidade desde abril de 2017, as aulas de dança oferecem vários benefícios para o corpo e principalmente para a saúde, segundo explica a profissional de Educação Física, Acácia Damiana. “ Especialistas revelam que, em média, é possível gastar de 300 a 400kcal/hora, dependendo da intensidade. Todos os tipos de dança têm esse potencial para perda de peso, desde salão, jazz, balé, samba, dance, sertaneja, axé, funk, etc. Além de ajudar a perder peso, a dança aumenta a capacidade sanguínea e faz bem ao coração”, ressaltou.
A educadora acrescenta ainda que a dança também traz um grande benefício terapêutico. “Dançar traz um grande equilíbrio emocional, aliviando o estresse, a ansiedade e estimulando a concentração. Muitas mulheres procuram a dança como forma de melhorar a coordenação motora, principalmente sua performance ao volante”, comenta, observado que “a dança consegue ligar o corpo, a mente e o espírito. Além dos benefícios físicos e psicológicos, dançar normalmente é praticado em grupo, ajudando na socialização e na interação entre pessoas, possibilitando a criação de novas amizades”.
Acássia disse também que é diversificado o público que pode ser beneficiado com o projeto. “ Além desses benefícios, a físicos e mentais, a dança pode ser praticada por todos: homens, mulheres, crianças e idosos podem colocar o corpo para mexer, mas sempre com instruções de um profissional capacitado”, finalizou.

Fonte: AMM
Comentários Facebook