Conselho de Arquitetura e Urbanismo realiza concurso público com mais de 100 vagas


Foi publicado no Diário Oficial da União o edital do próximo concurso público do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Mato Grosso (CAU-MT). São 104 vagas para os cargos de assistente e agente, de níveis médio e superior, assim distribuídas:

Agente de Fiscalização

Vagas para admissão: 2

Vagas para Cadastro de Reserva: 50

Assistente Administrativo

Vagas para admissão: 2

Vagas para Cadastro de Reserva: 50

Os candidatos ao cargo de agente devem ser graduados em Arquitetura e Urbanismo e possuir registro profissional no CAU, além de Carteira Nacional de Habilitação categoria B. Já para o cargo de assistente os requisitos são certificado de conclusão do ensino médio e CNH categoria B.

A remuneração será de R$ 2.087,52 para o cargo de Assistente Administrativo e de R$ 6.083,13 para Agente de Fiscalização. Os servidores serão lotados em alguma das cidades-polo do Conselho, que são Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Primavera do Leste, Campo Verde, Tangará da Serra, Sinop, Sorriso, Alta Floresta, Lucas do Rio Verde e Cáceres.

Os aprovados no cadastro de reserva poderão ser convocados ao longo do prazo de validade do certame, que será de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período. A organização do concurso é de responsabilidade do Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES).

Clique aqui para ler a íntegra do Edital Concurso CAU-MT 2019

Inscrições

As inscrições para o concurso poderão ser realizadas a partir das 8h do dia 11 de junho, no site do IADES. O prazo se encerra em 15 de julho, às 23h59. Os candidatos deverão preencher o formulário de inscrição e gerar o boleto para pagamento da taxa de inscrição.

Para os candidatos ao cargo de assistente administrativo, a taxa é de R$ 51,00. Já para a vaga de agente de fiscalização, o valor é de R$ 78,00. O pagamento deverá ser efetuado até o dia 18 de julho. Inscritos no CadÚnico podem solicitar a isenção da taxa.

Provas

O concurso público consistirá de prova objetiva e de prova discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório. As provas serão aplicadas no dia 4 de agosto em Cuiabá – MT, em locais a serem divulgados a partir de 30 de julho.

A prova objetiva será composta por 50 questões, assim distribuídas:

Conhecimentos Gerais – 25 questões, sendo:

– Língua Portuguesa – 10 questões

– Matemática – 5 questões

– Informática Básica – 5 questões

– Atualidades – 5 questões

Conhecimentos Específicos – 25 questões

As questões de Conhecimentos Gerais terão peso um, enquanto as de Conhecimentos Específicos terão peso três, totalizando 100 pontos. Serão aprovados na prova objetiva os candidatos que atingirem no mínimo 50 pontos.

Para a prova discursiva, será necessário elaborar um texto dissertativo e/ou descritivo, com extensão entre 20 e 30 linhas, de acordo com o tema proposto pela banca examinadora. A pontuação máxima da avaliação é de 10 pontos, sendo que em casos de fuga ao tema, texto com quantidade inferior a 20 linhas, identificação em local indevido ou ausência do texto, o candidato receberá nota zero.

Comentários Facebook