Governo vai enviar nova MP mudando Código Florestal


Durante votação na Câmara, os deputados modificaram a Medida Provisória 867/2018 que prorrogava o prazo de regularização de propriedades rurais que ainda não observaram as regras do Código Florestal (Lei 12.651, de 2012). Por conta da falta de tempo hábil para os senadores discutirem o texto aprovado pela Câmara, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, anunciou que não votaria a MP, que perde a validade na segunda-feira (3). O senador Plínio Valério (PSDB-AM) criticou o texto aprovado pela Câmara por “acabar” com o Código Florestal e comemorou a decisão do presidente do Senado. O líder do governo, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), disse que o presidente Jair Bolsonaro deverá editar uma nova medida provisória ou enviar um projeto de lei com pedido de urgência com o mesmo conteúdo já aprovado pela Câmara. A reportagem é de Hérica Christian, da Rádio Senado.

Comentários Facebook