Inscrições para o Prêmio Ibermuseus de Educação estão abertas


Através do Programa de Cooperação para o Fortalecimento, Desenvolvimento, Consolidação e Modernização dos Museus Ibero-Americanos (Ibermuseus), foi lançada a décima edição do Prêmio Ibermuseus de Educação. A premiação vai destinar US$ 75 mil para oito iniciativas que busquem reafirmar e potencializar a capacidade educativa dos museus e do patrimônio museológico na Ibero-América: Andorra, Argentina, Brasil, Bolívia, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Chile, Equador, Espanha, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, México, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) compreende a importância dessa convocatória como iniciativa fomentadora e articuladora do setor museal Ibero-americano e, nesse sentido, interessante para os Municípios brasileiros que tiverem suas iniciativas reconhecidas.

Duas categorias serão agraciadas: a primeira vai premiar três iniciativas que estão em desenvolvimento há, no máximo, um ano ou que já foram concluídas. A segunda, cinco projetos inovadores e inéditos, que ainda se encontrem em fase de elaboração ou de planejamento, isto é, que ainda não foram implantados.

Serão levadas em consideração a pesquisa e a valorização do patrimônio museológico por meio da educação, em especial, as iniciativas que contribuam para uma sociedade mais justa, aberta, democrática e inclusiva, com foco na igualdade de gênero, diversidade cultural e direitos humanos. As ações devem trabalhar o incentivo e promoção do diálogo, coordenação e colaboração com atores sociais, culturais e econômicos em uma área geográfica específica; promoção de práticas de base comunitária, comunidades tradicionais e indígenas; estímulo à práticas sustentáveis, em termos sociais, culturais, ambientais e econômicos; incentivo ao protagonismo de crianças e jovens; fortalecimento do papel das mulheres; além da inclusão de pessoas com deficiência.

Como participar
Os museus e demais instituições culturais e educacionais dos Municípios podem se inscrever até o dia 18 de junho.

A instituição candidata deve ter personalidade jurídica sem fins lucrativos e ter sido legalmente constituída, em acordo com a legislação brasileira, pelo menos, dois anos antes dessa convocatória.

O primeiro lugar na Categoria I receberá US$ 15 mil, o segundo, US$ 7 mil e o terceiro, US$ 3 mil. Os cinco vencedores da Categoria II receberão US$ 10 mil, cada um. Além desses, 17 projetos receberão menção honrosa na Categoria I. As iniciativas vencedoras e as reconhecidas com menção honrosa serão incluídas no Banco de Boas Práticas do Programa Ibermuseos.

A CNM também divulga boas práticas municipais no campo da gestão pública de cultura. Recentemente, em razão do Dia Internacional dos Museus, celebrado em 18 de maio, a área técnica de Cultura da CNM apresentou experiências inspiradoras de museus municipais.

Quer saber como a Confederação pode ajudar a sua gestão da Cultura? Faça parte da Lista de Transmissão da área técnica de Cultura da CNM pelo WhatsApp. Saiba como participar.

Comentários Facebook