Paulo Paim defende manifestações em defesa da educação


O senador Paulo Paim (PT-RS) falou em Plenário nesta sexta-feira (31) sobre as manifestações de alunos e professores a favor da educação, ocorridas na quinta-feira (30) em vários estados brasileiros. Ele lembrou ainda a visita ao Brasil do ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, que também saiu em defesa da educação. Paim citou fala do ex-presidente norte-americano em que defende a educação para o desenvolvimento do país e pede a valorização dos professores.

— Disse ele: “É obrigação de um governo dar boa educação e serviço social. Isso não é caridade, é necessidade do desenvolvimento econômico de um país. É fundamental garantir uma educação que permita ao jovem analisar criticamente o mundo ao seu redor. O grande poder de um professor é desenvolver a confiança de uma criança”. Palavras de Barak Obama — citou o senador.

Paim também homenageou a população que foi às ruas, especialmente alunos e professores.

— Quero homenagear muito a juventude brasileira, os professores, os trabalhadores, que deram o grito de alerta, mostraram que a sociedade brasileira está acordando e não aceita o que está acontecendo no nosso país— disse.

O senador saudou ainda o compositor e escritor Chico Buarque de Holanda, vencedor do Prêmio Camões 2019. O prêmio, organizado pelos governos de Portugal e do Brasil, tem como objetivo reconhecer um autor de língua portuguesa que tenha contribuído para o enriquecimento literário e cultural do idioma por meio de suas obras. Paim parabenizou Chico Buarque e disse que o prêmio é a maior horaria da língua portuguesa.

— Parabéns, Chico Buarque! Você é uma estrela. Você tem um brilho especial. Parabéns, meu amigo! Você é dos grandes nomes da nossa cultura e da nossa brasilidade. Você é um dos grandes nomes não só do Brasil, mas do mundo. Para mim, é muito gostoso saber, Chico, que, no mundo, existem pessoas iguais a você.

Comentários Facebook