Presidente da CNM participa da primeira reunião do GT do Pacto Federativo


O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, participou na manhã desta quarta-feira, 29 de maio, da primeira reunião do Grupo de Trabalho (GT) para debater as pautas do novo pacto federativo com parlamentares e integrantes do Ministério da Economia. Uma reivindicação antiga da CNM, a regulamentação do pacto é uma das promessas do atual governo e prevê uma redistribuição de recursos mais equilibrada entre União, Estados e Municípios.

Aroldi e os presidentes das Frentes Parlamentares em Defesa dos Municípios e do Pacto Federativo, Herculano Passos (MDB-SP) e Silvio Costa Filho (PRB–PE), respectivamente, defenderam a celeridade nos debates sobre o tema, especialmente diante da grave situação financeira enfrentada pelos gestores municipais. Representantes da pasta e da Secretaria de Governo (SAF) participaram da reunião do GT, que se tornou uma das prioridades do movimento municipalista.

O debate central foi sobre como o movimento municipalista e o Congresso Nacional podem contribuir com o governo na construção de estratégias para efetivar o pacto. Uma das deliberações da primeira reunião foi que, até a próxima semana, tanto a Confederação quanto o governo devem preparar uma lista com as principais medidas que vão entrar no rol de matérias a serem priorizadas e discutidas pelo Grupo.

Também na próxima semana, a CNM promove uma reunião do Conselho Político da entidade, composto por presidentes das entidades estaduais e pela diretoria. Aroldi convidou os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Secretaria de Governo, Santos Cruz, e os presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, para apresentarem às lideranças municipalistas as ações que estão sendo desenvolvidas pelo governo e pelo Congresso em prol dos Municípios. Além disso, os prefeitos deveram cobrar deles o avanço nas pautas para trazer melhorias às administrações locais e à população.

Após a reunião, Aroldi destacou a importância dos debates realizados pelo Grupo de Trabalho. “Essa foi uma reunião muito importante. Foi um primeiro contato do grupo para que a gente possa alinhar as ações que iremos fazer nos próximos dias e nos próximos meses”, disse.

Também participaram da reunião os deputados Eduardo Bismarck (PDT-CE); Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO); Beto Pereira (PSDB-MS) e senador Irajá Filho (PSD-TO).

Comentários Facebook