Quatro escolas estaduais estão em greve em Tangará da Serra


Imagem Ilustrativa

O Sindicato dos Profissionais da Educação (Sintep) confirmou a adesão de mais duas escolas de Tangará da Serra à greve estadual iniciada no dia 27 de maio. As escolas estaduais João Batista, localizada na Rua 01, e Ernesto Che Guevara, situada no Assentamento Antônio Conselheiro, estão em greve desde o início da semana. Já a Escola Estadual 29 de Novembro, a maior da cidade, e a Escola Estadual Jada Torres, localizada no Residencial Dona Júlia, aderiram nesta sexta-feira, 31.

A professora de educação física Flavia Cristina Rezende de Lima, ligada ao Sintep, informou que nessas escolas não haverá aula a partir de segunda-feira, 03.

“Em nossa escola, por exemplo, falta quadra, este ano não temos biblioteca, laboratório de informática e nem projeto de fanfarra e violão, pois o governo cortou a contratação destes profissionais para trabalhar”, disse Magno Alves, diretor da escola Jada Torres ao Diário da Serra.

A previsão, segundo ela, é que haja adesão no início da semana da Escola Estadual Pedro Alberto Tayano (Vila Esmeralda), dentre outras, encorpando ainda mais o movimento

Nesta segunda, membros do Sindicato percorrerão outras escolas com o objetivo de sensibilizar e incentivar professores a aderirem à greve.

Entre as principais reivindicações da categoria está o reajuste salarial de 7,69%, conforme acordo feito há cinco anos, a convocação de professores concursados e a reforma de 400 escolas no Estado que estariam em condições ruins ou péssimas.

Comentários Facebook