Comissão mista analisa MP que permite registro automático de empresas


A comissão mista que analisa medida provisória que dispõe sobre o registro público de empresas mercantis (MP 876/19) reúne-se nesta tarde para analisar o relatório, que será apresentado pelo deputado Aureo Ribeiro (Solidariedade-RJ).

A proposição prevê o registro automático de empresas constituídas como empresário individual, empresa individual de responsabilidade limitada (Eireli) e sociedade limitada (Ltda) nas juntas comerciais. Com isso, o empresário poderá sair da junta comercial já com o número de CNPJ. A análise formal dos atos constitutivos da empresa será realizada posteriormente, no prazo de dois dias úteis contados do deferimento do registro.

A reunião será realizada às 14h30, no plenário 2 da ala  Nilo Coelho, no Senado.

Comentários Facebook