Estiagem já começou e moradores querem solução para problemas na Estrada do Mituo


Chuva em outubro de 2018 deixou local alagado

O período de seca começou há algumas semanas e os moradores da Estrada do Mituo, em Tangará da Serra, aguardam ansiosos pelas tão almejadas obras de drenagem de águas pluviais que coloquem fim a um problema antigo da região.

O Tangará em Foco foi procurado por duas moradoras do local. Elas dizem que aguardam pela solução definitiva e, de início, pelo paliativo prometido pela administração municipal no período de chuva.

Os moradores estão dispostos a ‘abrir mão’ de parte de suas propriedades para que a estrada seja adequada a largura padrão das demais ruas da cidade.

“Estamos esperando o secretário de Obras para dialogar conosco uma vez que todos estão dispostos a mudar suas cercas e muros, mas o mesmo ainda não ocorreu e não marca reunião conosco e nem realiza o paliativo como foi combinado”, disse uma das moradoras.

“Todo mundo já está disposto a fazer essa adequação no cercado, mas precisamos ter uma confirmação sobre as obras. Eu só vou remover a minha cerca quando receber a confirmação, então estamos aptos a participarmos de uma reunião”, afirmou o morador Leandro Ferreira, recentemente.

Outra moradora afirmou que haverá nesta terça-feira, 04, uma reunião de representantes da Estrada do Mituo com o prefeito Fábio Junqueira (MDB) e o secretário de Infraestrutura (Sinfra), José Bernadino.

O Tangará em Foco solicitou informações sobre a reunião à Prefeitura Municipal que, através de sua assessoria de comunicação, não confirmou a reunião e que “…caso aconteça, a pauta não será divulgada antecipadamente e também não será aberta à imprensa”.

No período chuvoso, como uma chuva registrada em outubro do ano passado (assista ao vídeo), a rua fica quase intransitável. Centenas de moradores da zona urbana e da zona rural são afetados.

Comentários Facebook