Moradores reclamam da falta d’água em bairros de Tangará da Serra


Alguns moradores de Tangará da Serra reclamaram ao Diário da Serra sobre o serviço de abastecimento de água que ainda não foi normalizado em suas residências.

Na última quinta-feira, 30, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) anunciou que as atividades da Estação de Captação, Tratamento e Distribuição de Água (ETA – Queima Pé), precisariam ser suspensas por um dia, para realização de um estudo especializado para diagnóstico de ampliação do sistema de produção de água tratada.

Na oportunidade, o diretor do Samae, Wesley Lopes Torres afirmou em coletiva com a imprensa que as atividades normais da ETA retornariam na sexta-feira, 31, e toda cidade estaria com o abastecimento totalmente normalizado até a madrugada de domingo. No entanto, em alguns bairros moradores alegam que até o momento a água não está subindo na caixa.

Uma dona de casa, que mora na região central da cidade, próximo ao Módulo Esportivo, disse que a água tem subido em pouca quantidade na caixa e sem força. “Quando abrimos o chuveiro, a água quente sai quase fervendo pela mínima quantidade. Corremos o risco de ter nosso chuveiro queimado”, afirma a dona que disse ainda que os serviços domésticos estão prejudicados. “Não posso limpar casa, lavar roupa e banheiro por exemplo e correr o risco de não ter água para o banho”, acrescenta.

Outra moradora, desta vez do bairro Jardim Tangará II, também reclama da mesma situação. “Não consegui lavar roupa ainda. A água quase não está vindo. Não sei o que está acontecendo, só sei que no final do mês a conta sempre vem”, relata.

O diretor do Samae, Wesley Lopes Torres, informou que o fornecimento de água voltou normalmente para toda cidade desde a quinta-feira da semana passada, mas no sábado é que todas as caixas foram enchidas novamente. “Alguma reclamação é pontual, entrar em contato com o Samae para fazer a vistoria. Já tivemos dois casos assim. Um, o registro estava fechado, no outro a água estava cortada”, afirma.

Fonte: Diário da Serra

Comentários Facebook