Plenário aprova texto principal de MP de auxílio a vítimas de Brumadinho


O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei de conversão da Medida Provisória 875/19, que autoriza o pagamento de auxílio emergencial de R$ 600, em parcela única, para famílias que recebem benefícios sociais na cidade de Brumadinho (MG), atingida pelo rompimento de uma barragem da mineradora Vale em janeiro deste ano. Em razão da tragédia, 242 pessoas morreram; outras 28 continuam desaparecidas.

Segundo o texto, do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), o pagamento do auxílio emergencial não provocará o cancelamento do cadastro das famílias atendidas pelo Programa Bolsa Família, pelo Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC) e pela Renda Mensal Vitalícia.

Os deputados começam agora a analisar os destaques apresentados à matéria. O primeiro deles, do PCdoB, pede a aprovação de emenda do deputado André Figueiredo (PDT-CE) determinando o pagamento de um salário mínimo durante doze meses aos beneficiários.

Mais informações em instantes

Comentários Facebook