Senadores aprovam punição maior para transporte pirata


O Senado aprovou uma alteração no Código de Trânsito Brasileiro prevendo punição maior para transporte pirata com aumento da multa e dos pontos na carteira (PLC 109/2017). A medida vale para transporte escolar, interestadual ou urbano. Segundo o relator, senador Antonio Anastasia (PSDB–MG), o projeto não vai afetar os motoristas de aplicativos a exemplo do Uber. O senador Cid Gomes (PDT-CE) criticou, no mesmo dia, o projeto do presidente Jair Bolsonaro, que amplia a validade da Carteira Nacional de Habilitação e acaba com o exame toxicológico para motoristas profissionais. Ouça mais detalhes no áudio da repórter da Rádio Senado, Hérica Christian.

Comentários Facebook