Tangaraense com passagem por homicídio é preso com simulacro de arma de fogo em Arenápolis

Suspeita é de que eles planejavam assaltos em Arenápolis (Imagem: PM/MT)

Dois jovens de Tangará da Serra foram detidos no último sábado, 28, em Arenápolis. Um deles possui passagem por homicídio e ocultação de cadáver registrado na Gleba Pompeia, divisa de Santo Afonso e Nova Marilândia, registrado em outubro de 2016.

De acordo com as informações da PM de Arenápolis, Aldair de Pontes Silva, de 21 anos, e José Carlos, 19, que também é de Tangará e também possui passagem na cidade por furto, foram detidos com um simulacro de arma de fogo na Praça da Bíblia, em Arenápolis.

Eles tentaram fugir da guarnição, mas acabaram sendo detidos. O simulacro era uma imitação de uma pistola.

A suspeita é de que eles planejavam praticar assaltos na cidade.

Em outubro de 2016, Aldair de Pontes e um comparsa teriam assassinado o funcionário de uma fazenda e enterrado o corpo. Ele ainda responde pelo crime.

Os dois foram levados para a Delegacia e entregues à Polícia Judiciária Civil.

Com informações de Notícias de Arenápolis e Região

Comentários Facebook