Moradores farão manifesto pedindo afastamento do prefeito de Tangará da Serra

Moradores pedirão o afastamento do prefeito Fábio (Imagem: Arquivo)

Um manifesto popular está marcado para acontecer no início da tarde de quarta-feira, 26 de fevereiro, em frente à Câmara Municipal de Tangará da Serra. O objetivo do ato público é pedir o afastamento do prefeito Fábio Junqueira (MDB).

A manifestação, que começou no Facebook e grupos de Whatsapp e agora ganhará as ruas, pretende reunir moradores com faixas, cartazes e dando gritos de “Fora Fábio” e “Impeachment Já!”, acontecerá às 13 horas.

De acordo com a corretora de imóveis e estudante de gestão pública, Irene Lopes, uma das idealizadoras do manifesto, toda a população descontente com a gestão atual está convidada. “Pode participar quem está insatisfeito com a administração municipal, pais e alunos, professores, comerciantes, usuários do SUS, toda a população, dona de casa, mães e crianças, periferia, como o próprio prefeito disse”, comentou.

Ela defende que existem vários elementos suficientes para pedir o afastamento do prefeito Fábio, “mas a improbidade administrativa é a que, baseada na lei, dá respaldo para o pedido de impeachment”, disse.

Improbidade administrativa é o ato ilegal ou contrário aos princípios básicos da administração pública, cometido por agente público, durante o exercício de função pública ou decorrente desta.

Segundo ela, o movimento conta com grande apoio popular. “Será impactante para o nossa cidade. Creio que é chegada a hora de nossa cidade desenvolver de verdade e aparecer no mapa como a melhor cidade para se viver em Mato Grosso”, disse.

Afastado em 2014
Fábio Junqueira já foi afastado por 6 meses em 2014 pela Câmara Municipal, após recomendação do Ministério Público. Na ocasião, ele foi afastado em razão de processo por pagamentos de taxas à Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM). Ele foi inocentado dessa acusação. Em agosto de 2018, o Tribunal de Justiça considerou o afastamento irregular.

Comentários Facebook