Morre Alvari Teixeira, ex-vereador e ex-secretário em Tangará da Serra

Alvari Teixeira morreu nesta quarta-feira

Morreu nesta quarta-feira, 25, o ex-vereador e ex-secretário de Infraestrutura de Tangará da Serra, Alvari Teixeira.

De acordo com amigos próximos e familiares, Alvari já vinha passando por complicações de saúde e faleceu de um infarto fulminante nesta terça. Ele estava com câncer na próstata e fez uma cirurgia na bexiga nos últimos dias.

Airton Teixeira, irmão de Alvari, informou que o velório será nesta quinta, 26, a partir das 7 horas da manhã, na Capela da Univida, em frente ao Cemitério Municipal Jardim da Paz.

O enterro está marcado para acontecer às 11h da manhã.

Alvari foi vereador por três mandatos (Foto: Arquivo Câmara Municipal)

Alvari Teixeira contribui de maneira ímpar com o desenvolvimento de Tangará da Serra.

Ele foi vereador entre 1993 e 2004 e ocupou o cargo de secretário em 2001 e 2002.

Alvari foi eleito pela primeira vez em 03/10/1992 para mandato de 1993 a 1996; eleito a segunda vez em 03/10/1996 para mandato de 1997 a 2000; eleito pela terceira vez em 01/10/2000 para mandato de 2001 a 2004.

Foi secretário municipal de Infraestrutura em 2001 e 2002 até a cassação do então prefeito Jaime Mudaro (PFL).

Como vereador, Alvari apresentou inúmeros projetos que se tornaram leis e como secretário foi responsável por várias obras hoje usufruídas pela população.

Alvari compõe a galeria de vereadores de Tangará da Serra, na Câmara (Foto: Arquivo Câmara Municipal)

Um fato que chamou a atenção, envolvendo Alvari, ocorreu em 1996, quando ele era vereador.

Alvari sofreu um atentado a tiros a poucos metros da sua casa, no bairro Jardim Dona Júlia. Ele levou um tiro de revólver na região do tórax. A suspeita na época era de que o crime foi motivado por questões políticas relacionadas a aprovação de medidas que limitavam o número de moto-táxis na cidade.

No Facebook, familiares e amigos rendem homenagens a Alvari Teixeira.

O prefeito Fábio Junqueira decretou luto oficial em Tangará da Serra.

Comentários Facebook