SOS AVC de Cuiabá registra mais de 850 atendimentos em apena nove meses


.

Inédito em Mato Grosso, o Programa SOS AVC, que foi implantado pela gestão Emanuel Pinheiro no Hospital Municipal São Benedito há nove meses, já contabiliza 850 atendimentos a vítimas de Acidente Vascular Cerebral (AVC).  

Segundo dados da unidade hospitalar, deste total, 60% dos pacientes foram salvos da morte. Os outros 40% tiveram os riscos de sequelas reduzidos em 92% graças ao atendimento imediato proporcionado pelo Programa. 

A celeridade e experiências exitosas colocaram Cuiabá como centro de referência à doença no país e destaque para nove países sendo eles Austrália, Áustria, Canadá, Chile, Espanha, Estados Unidos, Suécia e Equador no congresso internacional GSA 2020 – Global Stroke Alliance, que aconteceu no Rio de Janeiro – RJ no início deste ano.  

Para o diretor geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública (que administra o São Benedito), Alexandre Beloto uma das razões que contribuem para o sucesso do programa cuiabano está na busca pelo atendimento que tem acontecido dentro das 8h consideradas cruciais para o socorro.  

“Os excelentes resultados colhidos hoje pelo Programa são frutos do empenho de toda a equipe conduzida pelo prefeito Emanuel Pinheiro.  Empenho esse que vai desde capacitações aos profissionais das Atenções Básica e Secundária para alinhamento de fluxo aos atendimentos na urgência e emergência”, enfatizou o diretor.

ACOLHIMENTO SOS AVC

Como o Hospital São Benedito não é portas abertas, o acolhimento do SOS AVC acontece de duas formas. A primeira é via SAMU, para os casos em que forem chamados e os paramédicos atestarem que pode se tratar de um AVC. Nesta situação, o paciente será imediatamente levado por eles para o Hospital São Benedito. A outra porta de entrada é por meio de encaminhamento das unidades de urgência e emergência da Capital, sendo elas o Hospital Municipal de Cuiabá – HMC, UPAs e policlínicas.

Comentários Facebook