Câmara Municipal participa da inauguração de Delegacia 24 h



.
A Sala da Mulher Maria Nazareth Hahn, criada pela Câmara Municipal de Cuiabá em março deste ano, continua desenvolvendo suas atividades em defesa dos interesses da mulher.
Representada por Thamires Rondon, Chefe do Núcleo de Apoio a Mulher, Criança e Idoso, o parlamento cuiabano participou da inauguração da Delegacia 24h de Atendimento às Vítimas de Violência Doméstica e Sexual em Cuiabá, nesta terça-feira (08), promovida pelo Governo do Estado de Mato Grosso.
A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos no Brasil, Damares Alves destacou em seu discurso durante a inauguração da delegacia, que a unidade “elevou o patamar de proteção à mulher no Brasil”
A unidade conta com salas apropriadas para acolhimento das vítimas, cartórios, salas de atendimento, para as equipes que atuarão no local, além de uma brinquedoteca e playground para crianças. A equipe do plantão será formada por cinco delegadas e mais as equipes de escrivães, investigadores, assistentes sociais e psicólogas, no total de 50 servidores da Polícia Civil.&nbsp
A primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, elogiou a nova estrutura e disse que o atendimento especializado vai de encontro com o desejo de que não aconteça mais violência contra a mulher, mas que uma vez vítima, a mulher possa ser atendida a qualquer momento.
Segundo Thamires, as Delegacias da Mulher são um marco na política de enfrentamento à violência contra as mulheres. “Importante frisar que quando as mulheres têm uma delegacia em que podem ser atendidas por meio de profissionais especializados, o Estado garante seus direitos, fortalece as políticas públicas e encoraja as denúncias”, afirma a servidora.
Na oportunidade, a responsável pela Sala da Mulher no legislativo cuiabano também externou seu repúdio às violências sofridas por mulheres que tiveram um relacionamento abusivo com um famoso advogado da Capital. Sobretudo, com a constante repetição de atos violentos de natureza física, psicológica, patrimonial, moral e sexual.&nbsp
Diante disso, a Sala da Mulher manifesta sua solidariedade às vítimas e familiares envolvidos nesse triste e lamentável fato.

Jean Estevan / Câmara Municipal de Cuiabá

Comentários Facebook