Allan Kardec visita Parque Indígena do Xingu e entrega Lei do Kuarup durante cerimônia



Foto: AHMAD AFIF JARRAH

O deputado estadual Professor Allan Kardec visitou o Parque Indígena do Xingu, no dia 11 de setembro, para participar do Kuarup, um ritual mortuário realizado por nove etnias do Alto Xingu uma vez por ano. Na ocasião, Kardec entregou às lideranças indígenas a Lei nº 10.963/2019, de sua autoria, que declarou o Kuarup como patrimônio cultural imaterial de Mato Grosso, inserindo-o no calendário oficial de eventos do estado.

A lei, aprovada na Assembleia Legislativa e sancionada pelo governo do estado em outubro de 2019, permitiu que pela primeira vez na história a cerimônia pudesse receber recursos públicos do estado para sua realização. Foram cerca de trezentos mil reais investidos, por intermédio da Prefeitura de Querência. A expectativa é de que no próximo ano o recurso possa ser disponibilizado diretamente aos povos indígenas para sua execução.

“Estou muito feliz em estar aqui no Xingu e entregar a nossa lei nas mãos do cacique Tapi Yawalapiti, filho do grande cacique Aritana. É uma grande vitória dos povos indígenas e muito me honra fazer parte desta história. Agradeço ao amigo Tapi pelo convite e aqui renovo meus compromissos com a luta indígena” afirmou Kardec durante a cerimônia. 

O cacique Aritana era considerado um diplomata do Xingu, sendo respeitado como líder por todas as etnias. Vitimado pela Covid-19, em agosto de 2020, Aritana foi o grande homenageado no Kuarup, com seu espírito representado por um tronco de madeira ornamentado, de acordo com a liturgia xinguana. 

“É um ritual muito sagrado, principalmente pela importância do meu pai cacique Aritana que foi grande porta voz do Xingu. Eu fico muito feliz e agradeço ao deputado Allan Kardec por transformar o Kuarup em lei. Assim, pudemos receber com recursos financeiros do estado pela primeira vez. Ver todo esse resultado aqui hoje deixa o nosso povo muito feliz e isso é muito importante para mim”, agradeceu o cacique Tapí Yawalapiti.

Também participou da cerimônia a primeira-dama, Virgínia Mendes, representando o governador do estado Mauro Mendes. Na ocasião, Virgínia agradeceu ao deputado Allan Kardec pela autoria da lei que viabilizou a disponibilização de recursos pelo governo. “Quando os poderes legislativo e executivo atuam juntos pelo bem comum, vemos resultados como este, uma presença maior do estado no atendimento das demandas dos povos indígenas”, finalizou Kardec.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook