Projetos elaborados pela AMM garantem investimentos para os municípios



A elaboração de projetos, um dos principais serviços prestados pela Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM, garante economia aos cofres públicos e investimentos em setores estratégicos. De janeiro a setembro, as prefeituras de Mato Grosso economizaram R$ 12,2 milhões com os projetos elaborados pela instituição, por meio da Central de Projetos. Nesse período, a equipe concluiu 519 projetos e dezenas estão em elaboração. O orçamento das obras está estimado em R$ 411 milhões, de acordo com levantamento da equipe, que visitou 97 municípios em várias regiões de Mato Grosso em 2021.   

O presidente da AMM,  Neurilan Fraga, disse que os profissionais estão preparados para atender os municípios em suas demandas, visando viabilizar oportunidades de investimentos e melhoria da infraestrutura local.  “Além de assegurar economia para os cofres públicos, o trabalho viabiliza obras de infraestrutura urbana para atender a coletividade, por meio da pavimentação, construção e reforma de escolas, hospitais, pontes, redes de abastecimento de água, entre outras obras”, assinalou.

Para ampliar o atendimento às prefeituras, este ano a instituição investiu em outros serviços, criando novos núcleos de trabalho visando elaborar projetos para a instalação de sistema de geração de energia solar e para a implantação de pontes de concreto e substituição de pontes de madeira.

A equipe também trabalha em parceria com órgãos estaduais para debater procedimentos técnicos. Em maio, engenheiros da AMM e da Secretaria de Estado de Educação se reuniram para discutir o alinhamento de diretrizes técnicas relacionadas aos projetos financiados com recursos estaduais e elaborados de acordo com padrão normativo estabelecido pela Secretaria. A AMM elaborou e entregou à Seduc, em maio, 19 projetos para avaliação e aprovação, provenientes de convênio firmado entre  municípios e o Governo do Estado para a construção de quadras poliesportivas e reforma de unidades escolares. Alinhamento semelhante já foi estabelecido com outras secretarias estaduais para agilizar a tramitação dos projetos, sempre de acordo com normas técnicas preconizadas pelos órgãos estaduais.

O trabalho é realizado por cerca de 60 profissionais entre engenheiros, arquitetos, projetistas, cadistas e estagiários. A equipe é liderada pela coordenadora da Central de Projetos, Monique Godoi. Mensalmente diversos projetos são elaborados para atender demandas em áreas como Saúde, Educação, Infraestrutura Urbana, Saneamento, Meio Ambiente, Esporte, Lazer, Turismo, Agroindústria, Social, entre outros. Os trabalhos são desenvolvidos por meio de visitas e levantamento in loco, além de atendimentos na AMM.

A elaboração dos projetos é iniciada após o município apresentar os documentos previamente estabelecidos em checklist (disponibilizado pela equipe), onde são solicitadas informações, estudos e levantamentos da área que passará por intervenção.

Fonte: AMM

Comentários Facebook