Kátia Abreu: reunião que antecedeu Conferência do Clima serviu para esclarecimentos sobre o Brasil



Em pronunciamento, nesta quarta-feira (17), a senadora Kátia Abreu (PP-TO) destacou que viagens de missão oficial na Europa durante o segundo semestre deste ano serviram para apresentar às autoridades da União Europeia perspectivas novas sobre as questões ambientais. Ela destacou a participação dos parlamentares da Casa, em especial o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, na 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26), em Glasgow, na Escócia. Para ela, o presidente do Senado acertou o tom, ao não negar a realidade de desmatamento, mas apontar soluções para os problemas, que têm sido apresentadas pelo Congresso brasileiro.

— Não quero aqui negar a condição do desmatamento na Amazônia, que se elevou, claro, nos últimos três anos. E nós somos obstinadamente contra o desmatamento na Amazônia — disse Kátia Abreu.

A senadora ressaltou, por exemplo, a importância de sua viagem a Roma, Itália, onde teve a oportunidade, junto com outros parlamentares de vários países, de participar da pré-COP, uma prévia para a COP26. Segundo a senadora, foi uma reunião de suma importância, tendo-lhe sido possível não apenas representar o Brasil, como também desmistificar algumas impressões ou imagens equivocadas do país.

— Nós também tivemos a função importante de mostrar aos europeus, parlamentares de toda a Europa e de todo o mundo, que o Brasil é um país espetacular do ponto de vista do meio ambiente, de uma agricultura sustentável, um país que sedia a maior biodiversidade do planeta e também grande parte da água doce. 

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Comentários Facebook