Carro batido após roubo pertencia à Casa dos Padres de Tangará da Serra


O carro em que estavam os suspeitos de roubarem membros da Igreja Católica de Tangará da Serra no momento em que fugiam e se acidentaram pertencia à Casa dos Padres. Após cometerem o crime, os suspeitos deixaram o local e durante a fuga se envolveram em uma colisão que culminou na batida do veículo em um poste.

De acordo com as informações recebidas pela reportagem, os indivíduos teriam invadido a Casa dos Padres, local onde tradicionalmente se concentram religiosos da Igreja Católica de Tangará.

No local os indivíduos teriam roubado o padre que lá estava, o amarrado e feito diversas ameaças. Para o crime os homens usaram, segundo as informações, uma espingarda de pressão.

A Polícia Militar informou agora à pouco, que foi acionada a perícia no local e a ocorrência foi registrada pela Polícia Judiciária Civil. A PM informou ainda que no momento há uma força tarefa para chegar aos suspeitos, porém sem novidades. O veículo batido foi devolvido à Casa dos Padres.

Comentários Facebook