Confira os Estados que já começaram a ampliar vacinação com dose de reforço



source
Todos os adultos acima de 18 anos que tomaram a vacina há mais de 5 meses já podem tomar a dose de reforço
James Gallagher – Da BBC News

Todos os adultos acima de 18 anos que tomaram a vacina há mais de 5 meses já podem tomar a dose de reforço

Com o anúncio da ampliação da dose de reforço para todos os adultos acima de 18 anos feito pelo MInistério da Saúde, os estados já começam, de forma gradativa, a adotar a nova orientação.

Antes, o reforço era destinado a idosos, imunossuprimidos — pessoas com baixa imunidade, isto é, com câncer, HIV ou transplantadas, por exemplo — e profissionais de saúde. O intervalo, que antes era de seis meses, também mudou e passou para cinco meses.

Estados como Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Goiás e Mato Grosso do Sul já ampliaram a imunização.

As cidades do Rio de Janeiro já começaram a receber vacina para a ampliação. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) comunicou envio de mais de 700 mil doses de Pfizer para 86 cidades. A capital já divulgou o calendário.

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou que a partir desta quinta podem receber a terceira dose todas as pessoas que tomaram as duas doses há pelo menos cinco meses, ou seja, quem completou seu ciclo vacinação até o mês de junho.

Leia Também

Em dezembro, podem se vacinar as pessoas com esquema completo em julho. Com a mudança, 710 mil pessoas já estão aptas a receber a vacina. No estado, o imunizante para a dose de reforço será aquele que estiver disponível no posto de saúde: Pfizer, Coronavac e até mesmo Astrazeneca. Na capital, porém, a vacinação será apenas com a Pfizer.

O Ministério da Saúde recomenda que a terceira dose seja deve ser, preferencialmente, de Pfizer, já que diversos estudos mostram que o imunizante que usa a tecnologia do RNA mensageiro promove maior resposta imunológica. Na falta dessa vacina, AstraZeneca ou Janssen podem ser administradas.

Em Pernambuco, os municípios já estão autorizados a iniciar a aplicação da dose de reforço no público de 18 a 54 anos, 5 meses após a finalização do esquema vacinal. A Comissão Intergestores Bipartite definiu que o intervalo de 4 meses, pactuado anteriormente, permanecerá para os trabalhadores de saúde e pessoas acima dos 55 anos.

Todos os sul-mato-grossenses com idade acima de 18 anos também estão autorizados a tomar a dose de reforço. Hoje, Mato Grosso do Sul tem mais 507 mil doses disponíveis.

A Secretaria de Saúde de Goiás também informou que seguindo as orientações do Ministério da Saúde (MS), recomendou aos 246 municípios que iniciem de imediato a aplicação da dose de reforço às pessoas com 18 anos ou mais, conforme o intervalo definido pelo MS.

A maior parte dos estados está se organizando para adotar a diretriz, como o Rio Grande do Sul, que informou que o assunto será tratado em reunião da Comissão Intergestores Bipartite, em conjunto com o Cosems, na tarde de hoje.

Outros estados aguardam a chegada de mais doses ou o compromisso do Ministério da Saúde em relação ao envio para começar a ampliação, como Paraná e Minas Gerais.

Drop here!
Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook