Famílias beneficiárias do Criança Feliz participam de encontro virtual com oficinas de produção de histórias infantis



A Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência,  por meio do projeto Criança Feliz,  realiza nesta sexta-feira (19), um encontro virtual com as famílias beneficiárias da iniciativa em Cuiabá.

Por meio da leitura de livros infantis e utilização de fantoches, serão apresentadas histórias da primeira infância, estimulando mediante o entretenimento diferenciado, o desenvolvimento das crianças em suas dificuldades, sentimentos e emoções, e fortalecendo o vínculo familiar.

Cada equipe do programa terá a responsabilidade de produzir um vídeo,  de sete até dez minutos, onde as apresentações serão divididas entre grupos de cada unidade dos Centros de Referência de Assistência Social- Cras onde a iniciativa é desenvolvida. Ainda como medida de biossegurança contra a Covid19, a participação de todos será on line.

“Buscamos repassar aos pais e, cuidadores das crianças assistidas pelo programa, atitudes simples, mas que contribuem com o desenvolvimento nos primeiros anos de vida dos  pequenos, proporcionando um crescimento sadio no âmbito social, emocional e psicológico”, disse a coordenadora do programa Criança Feliz, Michelle Machado. 

A metodologia utilizada será a de vídeo conferência através do aplicativo Google Meet para os beneficiários do Programa Criança Feliz com a utilização de livros de histórias como foco principal, utilizando objetos para ilustração das imagens e utilização de fantoches.

“O mundo do “faz de conta”, no qual as crianças imaginam que estão vivenciando determinadas situações, estimula a criatividade e vários outros fatores. Quanto mais a criança tiver que pensar, imaginar, memorizar, criar estratégias, lidar com suas frustrações, melhor será o seu desenvolvimento”, finalizou.

Em Cuiabá, as ações do Programa Criança Feliz foram implementadas por meio do Plano de Ação da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência.

O último quantitativo de atendimento aponta que a iniciativa do Governo Federal contempla 754 beneficiários, sendo 754 crianças de 0 a 3 anos, 41 gestantes e 13 crianças de 0 a 6 anos beneficiárias do BPC – Benefício de Prestação Continuada.

O programa é executado nas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social nos bairros Jardim Araçá, CPA, Jardim União, Pedregal, Planalto, Pedra 90  e Nova Esperança.

As apresentações terão os seguintes temas:

Cinderela (Cras Jardim Araçá)

É meu! É meu! É tudo meu (Cras CPA); Bicho por Bicho (Cras Jardim União); Quando me sinto (Cras Pedregal);

A floresta e a árvore (Cras Planalto);

O elefante assustado (Cras Pedra 90)

A Rosa e o Sapo (Cras Nova Esperança)

PROGRAMA CRIANÇA FELIZ- O Programa Criança Feliz é uma importante ferramenta de entrosamento entre a Rede, pois para realizar o atendimento às famílias beneficiárias do programa, a equipe de colaboradores deve estar totalmente inteirada dos programas e serviços ofertados pelo CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e Rede, e vice-versa, proporcionando conhecimento e interação de qualidade em prol dos principais objetivos do programa: o desenvolvimento infantil e fortalecimento do vínculo familiar.

 

 

Comentários Facebook