Presidente da Federação de Festivais Internacionais de Dança visita a AMM



O presidente da Federação de Festivais Internacionais de Dança-FIDAF, Regis Bastian, visitou a Associação Mato-grossense dos Municípios-AMM, nesta quarta-feira, 17 de novembro, acompanhado pelo  diretor artístico do Grupo Flor Ribeirinha, Avinner Augusto. Durante sua visita á Cuiabá, Regis se reuniu com autoridades dos segmentos da cultura de Mato Grosso. Ele destacou que Mato Grosso é um Estado que apoia as ações e projetos na área da cultura e tem um bom desenvolvimento cultural em todos os municípios. “Uma forma de apoio que não se vê em todos os Estados”, assinalou.

Bastian veio à Cuiabá, também para a entrega oficial do troféu, conquistado pelo Grupo Flor Ribeirinha de São Gonçalo Beira Rio, que participou este ano, de forma online do Festival da Polônia. Promover as manifestações folclóricas através dos festivais, para difundir a cultura popular brasileira, é um dos objetivos da FIDAF/Brasil.

No final de semana, ele participou de atividades no quintal da Domingas em São Gonçalo Beira Rio, que em  parceria com o Instituto INCA-Inclusão Cidadania e ação, promove o projeto Musicalização Semente Ribeirinha. Através de uma live transmitida pela rede social, foram apresentadas  as danças com as crianças, rasqueado cuiabano, além das danças da moringa, boi bumbá e o siriri. O repertório encantou os internautas e convidados. 

O diretor artístico do Grupo Flor Ribeirinha, Avinner Augusto, enalteceu a visita do presidente da Federação em Mato Grosso. “Para nós é motivo de honra e de orgulho recebe-lo. Sua vinda é um marco nesta trajetória de 28 anos do Flor Ribeirinha”, disse ele, lembrando que o grupo já participou de vários festivais nacionais e internacionais. Em 2016, foi vice-campeão no Festival da Coréia do Sul e em seguida, ganhou o título de campeão mundial, no Festival Internacional da Turquia,  realizado em 2017, onde o grupo disputou a competição com delegações de muitos países.

A FIDAF organiza a participação de grupos, representando o Brasil nos festivais, que são realizados em países da Europa, Ásia e também na América Latina. Ela também organiza festivais de folclore em território brasileiro, recebendo grupos de todos os continentes. É única entidade que foca apenas em folclore brasileiro.

Fonte: AMM

Comentários Facebook