Servidores da Câmara participam de curso de formação de brigadistas



Secom

O primeiro módulo da capacitação aconteceu nesta quinta, no Plenarinho&nbsp


Foi realizado na manhã desta quinta-feira (25) o primeiro módulo do curso de Formação de Brigadista no Plenarinho Ana Maria Couto, o “Plenarinho”, da Câmara Municipal de Cuiabá. A realização é da Escola do Legislativo que tem o intuito de capacitar servidores para possíveis incidentes na Casa.

O bombeiro militar, Márcio Malheiros, que ministrou o curso, reforça a importância de pessoas capacitadas para agir em momentos de possíveis princípios de incêndio.

“A importância&nbspé que quanto mais pessoas tiverem o conhecimento para combater o princípio de incêndio, prestar os primeiros socorros, evacuar o ambiente, quanto mais pessoas engajadas neste sentido, melhor para todos. Hoje a gente vem falar dos princípios de combate a incêndio, toda essa parte teórica e a parte prática, de como&nbsputilizar o extintor,&nbsp hidrante, como acionar o alarme corretamente, toda essa parte de incêndio e quais são os riscos aqui dentro”, destacou.

O chefe do Núcleo da Escola do Legislativo, Danilo Monlevade, explica que o curso visa capacitar os servidores com os conhecimentos básicos sobre prevenção.


“É muito importante porque há grande fluxo de pessoas que acessam a Câmara, e também dos servidores que aqui trabalham. Temos um prédio grande, e a gente é sempre suscetível a este tipo de evento. O curso vem para nos auxiliar no conhecimento, capacitar nossos servidores para que diante de algum incidente eles possam agir de imediato e salvar vidas”, explica Danilo.

Os servidores do Legislativo de Cuiabá falaram sobre a importância da brigada e do conhecimento fornecido por meio do curso, sendo muitas vezes básico, mas que podem salvar vidas.

“Estou achando muito interessante porque nós temos aqui na Casa em torno de 420 funcionários comissionados, 80 efetivos, mais 25 vereadores, além do público em geral, que é em torno de 200 a 300 pessoas. Formar um grupo que as pessoas possam buscar apoio, ter esse porto seguro, é fundamental”, lembra Luciana Arantes.&nbsp&nbsp


“O curso é muito importante, sobretudo, as informações que foram passadas para que possamos mostrar com exemplos de conhecimento que podemos adquirir e prevenir incêndios e outras fatalidades. É informação simples, que a gente aprendeu, obteve conhecimentos que nos ajudarão aqui”, finaliza Carlos Lisboa.

O curso terá um segundo módulo na próxima terça-feira (30).&nbsp

Matheus Fin – Estagiário | Matéria feita com supervisão da diretoria de Jornalismo da Secom

Comentários Facebook