Apresentações de capoeira, siriri e atividades esportivas encerram etapa de oficinas de mobilização de projeto no Jardim Passaredo



Jorge Pinho

Clique para ampliar

Com atividades esportivas e culturais e a participação da comunidade, de lideranças locais e representantes da sociedade civil organizada, foi realizada na última terça-feira (23), a sétima e última oficina de sensibilização e mobilização para implantação da Praças dos Esportes e da Cultura do bairro Jardim Passaredo. A oficina foi organizada pela Secretaria Municipal de Cultura, Esportes e Lazer. A partir do ano que vem, no espaço entregue à comunidade, irão acontecer atividades culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais, de prevenção à violência e inclusão digital, entre outras.

A secretária Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado agradeceu o envolvimento e a parceria da comunidade e de todos os envolvidos para que o sonho de mais de 10 anos pudesse ser concretizado. “Quero parabenizar a equipe e a comunidade. Ninguém faz nada sozinho. Essa gestão não é chamada de humanizada à toa.  Aqui nós trabalhamos de mãos dadas, em prol da população cuiabana, seguindo as orientações da gestão Emanuel Pinheiro. Temos neste espaço, que será administrado pela Prefeitura de Cuiabá junto com a comunidade, a presença de todas as secretarias municipais com ações e serviços entre eles a primeira unidade do Projeto Cuiabaninho, além da extensão da EMEB Francisco Pedroso. Agora, precisamos cuidar com carinho deste complexo, e para isso a participação da comunidade é fundamental”, disse a secretaria Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado.

A secretária Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Maria Rabelo Leite Jacob disse que o momento é de celebração da vida, da cultura, da educação e os direitos dos cidadãos. “A  Praças dos Esportes e da Cultura é um projeto especial da gestão humanizada, que sempre pensou em cada detalhe, de cada sonho, de cada cidadão. O prefeito Emanuel Pinheiro, a primeira dama Márcia Pinheiro e o prefeito em exercício, José Roberto Stopa sempre tiveram um carinho com esta região. Temos certeza de que daqui sairão novos talentos e campeões como resultado das ações que serão desenvolvidas. Aqui estamos recomeçando com mais esportes, mais cultura e ações em prol da comunidade”, falou a secretária Municipal de Cultura, Esportes e Lazer Carlina Jacob.

A secretária adjunta de Educação e coordenadora geral local do espaço, Débora Marques Vilar também agradeceu a participação da comunidade.  “Estamos gratos e emocionados com a participação da comunidade nesse projeto inédito. Estamos concluindo a etapa das oficinas agora, daremos prosseguimento ao processo de transferência do complexo, do Ministério da Cultura e Caixa Econômica Federal, para o Município”, disse a secretária adjunta de Educação, Débora Marques Vilar.

A presidente da Associação de Moradores do bairro Jardim Passaredo, Terezinha Aparecida da Silva disse que o sentimento da comunidade é de gratidão. “Quero agradecer a todos que entenderam o objetivo dessa ação e arregaçaram as mangas. Quero agradecer também a gestão Emanuel Pinheiro e aos secretários e todos que estão fazendo desse sonho uma realidade porque esse espaço é da comunidade”, disse ela.

A presidente do clube de Mães, Margareth Costa Mendes, moradora do Jardim Passaredo a mais de 20 anos, lembrou que o complexo é uma luta da comunidade. “Nós do grupo de mães já temos um projeto para desenvolver no espaço, trazendo as mães artesãs, bordadeiras e outras para que possam mostrar seus trabalhos”, disse ela.

Durante o evento, além de um aquecimento de zumba, skatistas apresentaram manobras radicais, as crianças brincaram, houve também apresentação de capoeira e do grupo de Siriri Flor do Campo.

Participaram do evento a secretária de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência,  Helen Janaina Ferreira; representantes da Secretaria Municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento e da Mulher, o presidente da Associação de Moradores do bairro Pedra 90, a  Marcos Baiano, representando a União Coxipoense de Associações de Moradores dos Bairros de Cuiabá (UCAM), Dalma Monteiro coordenadora do Projeto Siminina, representantes do comércio local, do CRAS Getúlio Vargas, da sociedade civil organizada e várias lideranças comunitárias e políticas.

Comentários Facebook