Comissão debate filme Marighella com atores nesta quarta-feira



Reila Maria/Câmara dos Deputados
Audiência Pública - Discutir a implementação da Política Nacional de Defesa (PND), da Estratégia Nacional de Defesa (END) e do Livro Branco da Defesa Nacional (LBDN)*. Dep. Glauber BragaPSOL - RJ
Glauber Braga: “Filme sofreu obstáculos para sua exibição no País”

A Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados exibirá para convidados nesta quarta-feira (8), às 14h30, no auditório Nereu Ramos, o filme “Marighella”, dirigido por Wagner Moura. Após a sessão, terá início uma audiência, aberta ao público, para debater o longa-metragem. Participarão da discussão a atriz e neta de Carlos Marighella, Maria Fernandes Marighella, e o ator Luiz Carlos Vasconcelos Costa.

O deputado Glauber Braga (Psol-RJ), que solicitou o evento, disse que a sessão será um “tributo à resistência contra a Ditadura de 1964 por meio da história imprescindível de luta de Carlos Marighella”, e também uma homenagem à cultura e ao cinema nacionais.

Braga lembrou que, no dia 4 de novembro, completaram-se 52 anos do assassinato do jornalista, revolucionário comunista e ex-deputado federal Carlos Marighella, por militares ligados ao Departamento de Ordem Política e Social (Dops).

Obstáculos à exibição
“Em que pese a relevância [da obra] para a cultura e a memória nacional de combate à ditadura empresarial-militar instaurada nos anos 1960 no Brasil, o filme, produzido ainda em 2019, sofreu obstáculos para sua exibição no País, tendo a sua estreia adiada por duas vezes diante de diligências da Agência Nacional do Cinema (Ancine)”, observou o parlamentar.

Apesar disso, completou Glauber Braga, o longa-metragem foi reconhecido em importantes mostras internacionais – tendo estreado sob aplausos no Festival de Berlim – e já é a produção nacional mais assistida do ano.

Da Redação – RS

Comentários Facebook