Ex-senador Garibaldi Alves morre aos 98 anos



Morreu na madrugada desta quinta-feira (7), em Natal, aos 98 anos, o ex-senador Garibaldi Alves, pai do também ex-senador Garibaldi Alves Filho. 

Segundo nota divulgada por Garibaldi Alves Filho, o pai faleceu por causas naturais por volta das 4h30. Ele estava em casa. O velório acontece no cemitério Morada da Paz, em Emaús, região metropolitana de Natal, a partir das 12h. O sepultamento previsto para 18h no mesmo local. Ele deixa 4 filhos, 10 netos, 15 bisnetos e uma trineta.

Garibaldi Alves começou a carreira política em 1958, quando foi eleito deputado estadual no Rio Grande do Norte, tendo sido reeleito por mais duas vezes: em 1962 e em 1966. Em 1969, durante a ditadura militar, teve seu mandato parlamentar cassado e seus direitos políticos suspensos por dez anos. Também foi vice-governador na gestão de Geraldo Melo (1987-1990). Ele assumiu o governo do Rio Grande do Norte por duas vezes.

Em janeiro de 2011, Garibaldi assumiu mandato no Senado Federal. Ele era suplente de Rosalba Ciarlini, que deixou o cargo para comandar o governo do Rio Grande do Norte. Então com 87 anos, ele foi o senador mais idoso naquela legislatura. Garibaldi ficou no Senado até 2014.

“Recebo com tristeza a notícia da morte do ex-senador Garibaldi Alves, figura importante para a política potiguar”, apontou o senador Jean Paul Prates (PT-RN).

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Comentários Facebook