Mortes de criança de 2 anos e jovem de 18, geram forte comoção em Tangará


O final de semana em Tangará da Serra ficou marcado por duas perdas incomensuráveis, uma criança de apenas 2 anos e 10 meses e um jovem de 18 anos, vítimas de diferentes circunstâncias, mas que perderam suas vidas de forma prematura, o que gerou grande comoção na cidade.

A pequena Júlia Cavalcante, 2 anos e 10 meses, contraiu Covid-19 e desde a última segunda-feira, seus familiares tentaram um leito de UTI em praticamente todo o Estado. Não houve disponibilidade e a criança morreu na manhã de sábado ao não resistir à quarta parada cardíaca que sofrera.

A segunda morte a gerar grande comoção na cidade foi de um jovem de apenas 18 anos, identificado como Carlos Eduardo Joenck, que perdeu sua vida em um grave acidente ocorrido na noite de sábado, na rua 26, subida para a vila Goiânia.

O acidente envolveu um carro e a motocicleta de Carlos, que ficou praticamente destruída.

Comentários Facebook