Proposta de pedágio social foi apresentada aos moradores do Distrito de São Joaquim


A Prefeitura Municipal de Tangará da Serra promoveu uma reunião com os moradores do Distrito de São Joaquim e da Comunidade Nossa Senhora Aparecida para apresentar um pré-projeto de Pedágio Social. O objetivo é auxiliar de alguma maneira as pessoas que trabalham no distrito e moram em Tangará da Serra, ou que residam no município e vendam seus produtos em Tangará da Serra e, inevitavelmente terão que pagar o pedágio para transitar na Rodovia 358, que está sendo administrada pela Via Brasil. A empresa já instalou praças de pedágio na região (uma delas exatamente na saída do Distrito São Joaquim). Imagina-se que a cobrança venha a ser feita já nas próximas semanas, pois toda a infraestrutura está praticamente pronta e até mesmo os colaboradores já estão sendo contratados e treinados.

A reunião com os moradores foi realizada nas dependências da Escola Estadual Antônio Hortolani e contou com a presença de aproximadamente 150 pessoas. O Prefeito Municipal Vander Masson conduziu pessoalmente o encontro, explicando com detalhes a proposta que será encaminhada para apreciação da Câmara Municipal. O chefe do Executivo Tangaraense deixou bem claro que esta é uma proposta que visa atender aos que tem menos condições de se ajustar a essa nova realidade. Para isso, a Secretaria Municipal de Assistência Social já está fazendo o pré-cadastro dos moradores.

A partir desse cadastramento é que se terá a dimensão dos valores envolvidos, quanto o pedágio social vai custar aos cofres públicos do município. Num primeiro momento pretende-se que sejam cadastrados os veículos e a estes sejam permitidas determinadas passagens livres pelo pedágio ao longo de cada mês. O pré-cadastramento que está sendo feito pela Secretaria de Assistência Social vai observar, por exemplo, renda anual, vínculo empregatício, aposentadorias, pensões, questões relacionadas a tratamento de saúde e muitas outras situações. Ou seja, um levantamento completo.

O Projeto de Lei deve ser encaminhado à Câmara Municipal para ser apreciado e votado logo após o recesso parlamentar, na primeira semana de agosto. Na reunião registramos a presença dos vereadores Sebastian Ramos, Hélio Schwaab, Nivaldo Leiteiro, Eduardo Sanches, Rogério Silva e Elaine Antunes. Secretários Municipais e assessores da administração municipal também estiveram presentes acompanhando o desenrolar da reunião, que ao final mostrou-se muito produtiva.

Clairton Weber – Assessoria de imprensa

Comentários Facebook